Atuação mercadológica para o personal

Share on email
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Foto ilustrativa

PERSONAL TRAINER

Apresentação

O personal trainer é um professor de Educação Física responsável pela elaboração, prescrição e acompanhamento de um programa de atividades físicas, definido segundo os objetivos do cliente e do seu quadro de saúde e aptidão física.

A cada ano, mais e mais pessoas correm para as academias de ginástica em busca de uma vida mais saudável e de um corpo sarado. No entanto, a empolgação dos novos freqüentadores não costuma dar muito tempo. Segundo os dados, de alguns donos de academia, cerca de 90% dos freqüentadores desistem antes de completar um ano de malhação. É aí que entra a figura personal trainer, um professor particular de condicionamento físico, que ajuda a manter o estímulo do aluno por meio do tratamento personalizado, como o nome já diz.

O serviço começou com pessoas famosas que, no fim dos anos 90, não tinham tempo de participar de aulas convencionais e contrataram professores particulares de ginástica para atendê-las no horário e no local que pudessem. A moda pegou e muita gente, não necessariamente famosa, passou a solicitar o serviço também. Abriu-se, assim, um novo mercado para professores de educação física, que agora têm uma oportunidade de ganhar mais dinheiro do que as aulas convencionais, porque não precisam repassar a parte da receita para as academias.

Segundo o personal trainer Cristiano Parente, de São Paulo, as pessoas que geralmente procuram pelo serviço se sentem desestimuladas quando treinam sozinhas em casa. Algumas preferem que o professor as acompanhe em atividades externas, realizadas em parques ou outros locais públicos. Há quem deseje, porém, que o serviço seja prestado na academia. Neste caso, o personal trainer firma acordo com algumas academias para que possa levar seus alunos para lá, e paga um aluguel pelo uso da sala de aparelhos. Mesmo assim, a maioria das academias exige que o aluno esteja matriculado.

Mercado

Parente explica que o mercado é promissor, mas para dar aulas dentro de academias é fundamental que o profissional tenha diploma de educação física. “Há sempre fiscalização e, se o instrutor não for diplomado, há multa”, diz Parente, que dá quase as suas aulas em academias.

Parente está há oito anos no ramo. Ele acredita que quem quiser entrar na área deve começar com instrutor de musculação em uma academia. Á medida que as pessoas vão conhecendo o seu trabalho, surgem os convites para atuar como personal. Se você agradar, um aluno passa a indicá-lo para outro.

Investimento Inicial

Conforme a estrutura do empreendimento, o valor estimado, para o empreendedor iniciar esse tipo de negócio, pode ficar em torno: R$ 1.600 (computador e publicações da área)

-Capital de Giro: R$ 600,00
-Investimento em equipamentos e instalações: R$ 1.000,00
-Faturamento bruto mensal previsto: R$ 2.000,00

Fonte: SEBRAE – SC

TRAINER BRASIL

TRAINER BRASIL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adquira o seu livro

O guia que vai transformar sua carreira!

About Me

Clique no botão de edição para alterar esse texto. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.

Mais Recentes

Redes Sociais

CADASTRE-SE

Cadastre-se e receba gratuitamente os dois primeiros capítulos do livro, acompanhe as próximas publicações e as novidades do mercado.