CREF13 BA lançam notas técnicas para maior segurança na prescrição dos exercícios

Share on email
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram

CONSELHO DE EDUCAÇÃO FÍSICA DA BAHIA LANÇA PROTOCOLO COM SUGESTÃO
DE CRITÉRIOS PARA OS PROFISSIONAIS AVALIAREM OS ALUNOS ANTES DE
DEFINIREM UM PROGRAMA DE EXERCÍCIOS FÍSICOS

Conselho de Educação Física da Bahia lança protocolo com sugestão de critérios para os Profissionais avaliarem os alunos antes de definirem um programa de exercícios físicos


O Conselho Regional de Educação Física da 13ª Região BA emitiu duas notas técnicas que trazem para o Profissional de Educação Física o poder de tomar decisões sobre os procedimentos que devem ser observados antes e durante a atividade física. O objetivo é padronizar condutas e procedimento para a aplicação da avaliação pré-participação de alunos e clientes em atividades físicas, adequando às necessidades e limitações individuais e aliando aos benefícios à saúde.

Na nota técnica nº 002/2018 intitulada “Avaliação Pré-participação em Programas de Exercícios Físicos”, o CREF13/BA propõe que antes do início de programas de exercícios físicos seja feita uma avaliação com estratificação cardiovascular, incluindo a anamnese e a aplicação do PAR-Q, conforme manual presente no protocolo elaborado pelo Conselho.

A partir daí, os Profissionais poderão decidir, com total segurança, sobre o início imediato da prática da atividade física; o início com restrições; ou a não liberação para o início da prática da atividade física sem antes ser realizada avaliação médica.

Já a nota técnica no001/2018 “ Avaliação da Aptidão Física Relacionada à Saúde” estabelece que, após a avaliação pré-participação, é fundamental se identificar os objetivos e condições físicas dos alunos, clientes ou atletas antes de se prescrever e orientar exercícios de forma individualizada. Para isso, deve-se considerar três etapas básicas da avaliação: o que medir/avaliar, como medir/avaliar e qual o referencial a ser utilizado.

A medição/avaliação deve observar capacidade aeróbica, composição corporal, força/resistência muscular e flexibilidade e deve ser feita de acordo com três protocolos: básico, intermediário e avançado. Os Profissionais poderão usar outros testes, desde que estes contemplem o que estabelecem os protocolos.

“ O sistema CONFEF/CREF reconhece que determinações legais exigindo atestado médico como condição imprescindível para a prática de atividades físicas não garantem a segurança pretendida para o beneficiário e não eximem o Profissional de Educação Física das suas responsabilidades quando da prescrição e orientação do exercício físico e esportivo”, afirmou o conselheiro federal e presidente da Comissão de Saúde do CREF13/BA, professor Francisco Pitanga.

Créditos:

 

 

 

Ascom CREF13/BA

Trainer Brasil

Trainer Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adquira o seu livro

O guia que vai transformar sua carreira!

About Me

Clique no botão de edição para alterar esse texto. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.

Mais Recentes

Redes Sociais